Sabe aquele quarto da bagunça que a gente acha que nunca vai conseguir deixar arrumadinho e que é impossível habitar? Pois é, ele não precisa ser assim. Com um pouco de criatividade, o cômodo pode se tornar um local multifunção, sendo transformado em um quarto de hóspedes funcional que ainda será usado para outras finalidades.

Na era do home office e do Airbnb, ter um quarto improdutivo em casa é um desperdício. Daí a necessidade de reformular o ambiente e descobrir outros modos de utilizá-lo. Seja para hospedar viajantes e expandir o repertório cultural, seja para transformá-lo em closet com direito a escritório agregado, o famoso quarto da bagunça sempre poderá ter um uso melhor do que só guardar coisas que, às vezes, nem são mais utilizadas.

Pensando nisso, nós fizemos este post. Nele, você saberá como aproveitar melhor o espaço para armazenamento, porém compondo o ambiente com outras utilidades — como home office, sala de TV e quarto de hóspedes funcional. Quer ver como é possível fazer isso? Então, continue lendo e descubra!

Aproveite o local para armazenamento

Não é porque ele deixará de ser o quartinho da bagunça que não poderá mais ser utilizado para guardar coisas. Ele poderá sim manter essa função, contudo de forma planejada e organizada. O primeiro passo é se livrar daquilo que, de fato, não é nem será mais utilizado.

Feito isso, é hora de pensar em móveis multifuncionais. Entre eles estão:

  • sofá-cama;
  • estante de nichos — que tanto pode servir para decoração quanto para armazenamento (com a ajuda de caixinhas decoradas ou gaveteiros fofos);
  • prateleiras — que sempre são bem-vindas quando se trata de guardar algo de forma organizada.

Ganhe espaço no guarda-roupas

Se seu guarda-roupas ficou pequeno e o quarto de hóspedes tem espaço para araras ou cabideiros, também é possível criar um minicloset nele, o qual poderá ser usado por você no dia a dia e por quem estiver hospedado no quarto temporariamente.

Um biombo e um espelho de pé, combinando com as cores da decoração, ficam perfeitos para compor o “cantinho de trocar de roupa”, mantendo a estética e a privacidade.

Além disso, eles também separam o espaço da parte do quarto utilizada para dormir ou trabalhar e escondem as roupas penduradas que podem trazer de volta a impressão de bagunça da qual você quer se livrar.

Torne o quarto de hóspedes funcional

Você já descobriu como continuar com a função que o quarto já tinha antes, ou seja, de guardar a bagunça da casa, porém de forma organizada e esteticamente agradável, certo?

Com essas modificações, claro que o ambiente ganha algum espaço. Logo, outras funções, que serão aproveitadas tanto por você quanto pelo seu hóspede, poderão ser exploradas. Veja algumas delas nos tópicos a seguir.

Home office

Por mais que se pense que trabalhar em casa, com um notebook e um bom Wi-Fi, pode ser feito em qualquer cômodo — até na mesa da cozinha ou no sofá da sala —, o foco e a concentração não são os mesmos que você teria em um espaço pensado exclusivamente para essa função.

Então, é hora de aproveitar uma das paredes do quarto de hóspedes funcional para instalar aquela bancada com um painel para TV, a qual também poderá ser usada como monitor auxiliar para o notebook. Um quadro branco com uma moldura que acompanhe o estilo do restante do mobiliário também é interessante para esse espaço.

Lembre-se de que é fundamental que a conexão com a internet funcione muito bem por ali. Por isso, se for necessário, utilize repetidores de sinal. Não esqueça ainda de ter um cabo HDMI (para ligar o notebook na TV) ao alcance da mão. Por isso, é bacana pensar em um lugarzinho discreto para guardá-lo por perto quando não estiver sendo usado. Além disso, tomadas USB também são bem-vindas.

Algumas gavetas na bancada para guardar materiais de escritório, fones de ouvido, mouse, entre outros, são igualmente úteis para manter a organização quando o quarto não estiver sendo usado para o trabalho.

Sala de TV

Você se lembra do sofá-cama e da bancada com o painel para TV que falamos lá em cima? Pois se estiverem em paredes opostas, seu quarto ganha mais uma função: o de sala de TV.

Se o ambiente está mais para assistir a um filme com a família, o sofá-cama fechado, algumas almofadas pelo chão e baldes de pipoca são perfeitos. Já se o clima for mais romântico, tipo uma série a dois, o sofá pode assumir a função de cama e oferecer mais conforto para o casal.

Hosting

Não dá para falar em quarto de hóspedes sem falar na prática de hosting que vem dominando o mundo. Nesse caso, não se trata somente de ganhar dinheiro com um quarto da casa, mas sim de compartilhar com pessoas do mundo todo, adquirir novas experiências e, até mesmo, ampliar o networking.

Em aplicativos que oferecem hospedagem, como o Airbnb, é possível encontrar, até mesmo, empresas multinacionais em busca de um local de alto padrão para hospedar seus executivos com menos impessoalidade do que um hotel. Portanto, dependendo da sua disponibilidade, é um caso a se pensar, concorda?

Lembre-se do conforto do hóspede

Por fim, agora que você tem um quarto de hóspedes funcional ― aliás, multifuncional ―, é preciso pensar no conforto de quem o ocupará. Seja ele um familiar ou amigo, seja um hóspede pagante, alguns mimos sempre farão com que a experiência dele seja muito mais agradável.

Coisinhas como cobertores, roupa de cama e travesseiros cheirosinhos, artigos de higiene, toalhas de banho e de rosto, cortinas blecaute para quem prefere dormir no escurinho e lâmpada auxiliar na cabeceira da cama para quem curte uma leitura antes de dormir são alguns exemplos de providências simples capazes de tornar a estadia muito mais agradável, para não dizer, inesquecível.

Como você pôde ver ao longo deste post, ter um quarto de hóspedes funcional no lugar do quartinho da bagunça é muito mais fácil e interessante do que se imagina. Além disso, as funções para as quais ele poderá ser aproveitado além de receber visitas, certamente, farão toda a diferença no seu dia a dia.

E agora que você já está por dentro de como ter um quarto de hóspedes funcional, que tal saber um pouco mais sobre o apartamento do futuro? Veja como deixar seu apartamento funcional e hiperconectado!