Acessibilidade / 19 de fevereiro 2020

O que diz a lei sobre a acessibilidade em condomínio?

O ramo da construção civil está sempre inovando. Além de propriedades de qualidade, a busca é por oferecer as melhores experiências para os moradores e sair na frente da concorrência. Nesse nicho estão os empreendimentos de luxo, que além de excelente acabamento, oferecem tudo o que as normas exigem em acessibilidade em condomínio.

Nem todos sabem o que a legislação prega sobre o tema. Mesmo em um mundo cada vez mais inclusivo, muitos condomínios acabam não oferecendo condições para que pessoas portadoras de deficiência ou com dificuldade de locomoção tenham acesso fácil e qualidade de vida.

Você sabe o que diz a lei a respeito de acessibilidade em condomínio? Descubra tudo nesse post e veja as vantagens de morar em apartamentos de qualidade que se preocupam com essa parcela da população!

O que está na lei?

A LBI (Lei Brasileira de Inclusão) exige que, a partir de 2020, todos os novos empreendimentos sejam acessíveis. Isso vale para rampas, portas largas e vagas de garagem que atendam às exigências.

Todos pensam que a questão de acessibilidade em condomínios vale somente para cadeirantes, mas, nesse grupo, devemos ainda incluir quem não consegue se movimentar com facilidade, pessoas recém-operadas, mães com crianças de colo e quem precisa de andadores ou bengalas.

Além das leis municipais e estaduais que falam de acessibilidade, existe a lei brasileira (º 5296/ 2004), que determina normas para que “pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida” tenham fácil acesso a “edificações, vias públicas, espaços, meios de comunicação, transportes, mobiliário e equipamentos urbanos”.

Por conta disso, condomínios novos já devem ser construídos tendo como base a acessibilidade de moradores e visitantes. Caso isso não aconteça, o síndico ou os moradores podem entrar em contato com a construtora e exigir que as obras sejam providenciadas.

Condomínios antigos são mais difíceis de se adaptar. Para que a reforma seja feita, é preciso uma análise para determinar que nenhuma alteração vai atingir a estrutura do prédio. Por conta disso, o ideal é sempre preferir um empreendimento novo e que esteja de acordo com a lei.

Por que optar por um condomínio que atende às exigências?

Existem muitos motivos para que você escolha morar em um local de luxo e que se preocupe com a acessibilidade em condomínio. Veja abaixo quais são eles.

Empatia

Empresas empáticas e que se preocupam com as dificuldades da população devem ser priorizadas. Por conta disso, é importante escolher uma boa construtora.

Atendimento

Opte por uma construtora que preze pelo atendimento de excelência, o que inclui, claro, a inclusão de pessoas com mobilidade reduzida. Assim você sabe que ela estará de acordo com a lei e não terá problemas em futuras reivindicações, se ocorrerem.

Facilidade

Ainda que você não tenha mobilidade reduzida, um dia pode quebrar uma perna, engravidar ou ficar com alguma dificuldade. Escolher um local com acessibilidade em condomínio vai facilitar sua vida.

Segurança

Condomínios acessíveis garantem a integridade física e a segurança de todos, evitando acidentes e garantindo a qualidade de vida de moradores e visitantes.

Facilitar a vida de quem tem mobilidade reduzida ou alguma dificuldade deve ser uma preocupação de todos e a escolha por onde vamos morar também é um ato de responsabilidade.

Agora você entende a importância da acessibilidade em condomínio. Esses são os principais motivos do porquê investir em um condomínio com acessibilidade. Essas questões também estão relacionadas com a construtora que constrói o empreendimento imobiliário, portanto, conhecer a empresa é essencial para comprar um imóvel de qualidade.

Gostou desse conteúdo? Aproveite e compartilhe-o em suas redes sociais e mostre aos seus amigos a importância desse assunto!


×

SIMULAÇÃO DE INVESTIMENTO

Avalie qual tipo de investimento tem o melhor rendimento

Capital investido

Aplicação financeira (considerando o valor de aquisição do imóvel)

Investimento Imobiliário

PREVISÕES DE RENTABILIDADE

Aplicação Financeira

Taxa de Rentabilidade Líquida*
(% a.a.)

0,0%

Rendimento Líquido*
(R$ em 12 meses)

R$ 0

Investimento Imobiliário

Taxa de Rentabilidade líquida*
(% a.a.)

0,0%

Rendimento Líquido*
(R$ em 12 meses)

R$ 0