Iniciamos a construção do revolucionário Épico | Blog Planeta
CANAIS DE VENDA
(15) 3332-9696
WHATSAPP
E-MAIL

Iniciamos a construção do revolucionário Épico

Empreendimentos

Demos início à construção do edifício Épico na zona sul de Sorocaba. O Épico é a 60ª obra que iniciamos e será também, em breve, nosso 60º empreendimento entregue desde a fundação da empresa. Mais um orgulho para a Planeta e para a cidade!

 

O empreendimento de torre única ocupará a área de um quarteirão inteiro na rua Gustavo Magalhães, ao lado da avenida Washington Luís, do Sesc e do Banco de Olhos de Sorocaba (BOS).

 

As unidades são de 107 m² e 85 m² lineares, além da opção do apartamento duplex de 82 m². A torre única terá quase 100 metros de altura, tornando o edifício uma referência em projeto vertical em sua região.

 

O Épico dispõe ainda de uma ampla área de lazer, com salão de festas com copa, praça de convivência, playground, piscinas adulto e infantil, quadra poliesportiva, espaço teen, pet place, bicicletário, espaço gourmet, espaço fitness e pilates, coworking, espaço beleza e espaço kids. Outro diferencial é a oficina compartilhada.

 

O condomínio fará reúso de água da chuva para irrigação de jardins e áreas verdes e lavagem de áreas comuns, além de utilizar iluminação LED e energia fotovoltaica.

 

Ícone Planeta

 

Ao lado do Épico, na zona sul da cidade, está sendo elevado o suntuoso Ícone Planeta, que será o edifício mais alto do interior do Brasil. O empreendimento está com 10 pavimentos concluídos e a equipe de obras dará início em meados de fevereiro à fachada “faseada”, que é a realização das obras da fachada da torre única em fases.

 

Como o edifício é muito alto – são mais de 140 metros de altura -, sua fachada será feita gradativamente durante a construção do prédio a fim de favorecer a eficiência das obras. Em condomínios convencionais, a fachada é a última etapa da obra. No Ícone Planeta, a primeira fase inicia em fevereiro e segue até a conclusão do empreendimento.

 

Detalhes do projeto

 

O Ícone está sendo elevado de forma escalonada, de modo a garantir solidez e segurança à estrutura. Para enquadrá-lo no terreno de 2.781,00 m², apostou-se na verticalização do empreendimento. Desta forma, áreas comuns que em projetos convencionais ocupariam o piso térreo subiram para os pavimentos mais altos, contribuindo para o escalonamento do edifício e presenteando o morador com uma vista panorâmica singular.

 

O projeto passou por testes em túnel de vento no Canadá para que fosse aprovado. A solução proposta pelos engenheiros responsáveis pelo cálculo estrutural prevê, entre outros recursos, espessas paredes de concreto circundando o núcleo de circulação vertical, no centro da torre, que se apoiam sobre uma fundação constituída por um grande bloco de 1.600 metros cúbicos de concreto, garantindo a estabilidade do edifício. Dos 44 pavimentos previstos, 38 serão de apartamentos, que terão entre 150 e 173 metros quadrados.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *