Quem não se lembra dos antigos bares caseiros, geralmente compostos por grandes balcões e cristaleiras repletas de bebidas? Esses espaços marcaram muitas residências no passado e, hoje, surgem em releituras mais modernas e funcionais.

Com soluções criativas, é possível montar um home bar que se adapte ao tamanho, formato e configuração de qualquer ambiente. O que você está esperando para compor um local agradável e aconchegante para recepcionar os amigos e familiares? Fique de olho em nossas dicas e saiba como construir um projeto de qualidade!

Por que ter um bar em casa?

Há muitos bons motivos para investir em um bar personalizado na sua própria residência. Para começar, essa é a melhor maneira de criar uma área social que incentive a integração das visitas com as pessoas que moram no imóvel. Veja outras vantagens que podem ser percebidas assim que o projeto sai do papel.

Economia de espaço

Um home bar bem pensado funciona em qualquer tipo de empreendimento, seja uma casa ampla, seja um apartamento compacto. Isso, porque o espaço necessário para guardar garrafas, copos e outros utensílios pode ser configurado de diversas formas.

Tudo dependerá da metragem disponível e da quantidade de itens que você pretende manter no local. Em todo caso, a parte positiva de reservar um canto, corredor ou área específica para armazenar as bebidas e seus complementos está na economia de espaço.

Esse cuidado evitará o acúmulo de rótulos — vinhos, cervejas, destilados etc. — em sua geladeira ou até mesmo na despensa, bem como a concentração de louças especiais em armários da cozinha.

Praticidade e organização

Há uma infinidade de estilos de bar para você usar como inspiração. Modelos embutidos, verticais ou com itens retráteis, por exemplo, permitem que você ganhe um espaço extra para guardar as bebidas.

Vale a pena prever, também, locais para dispor taças, copos e outros recursos utilizados em momentos de festa ou confraternização. Dessa forma, você mantém tudo organizado e consegue ter acesso rápido aos itens necessários para essas ocasiões.

Monte um bar caseiro e esqueça a preocupação de procurar cada coisa em um compartimento específico da cozinha. Essa é a solução perfeita se você gosta de otimizar o tempo e encontrar tudo em um só lugar.

Recepção de qualidade

Por mais simples que seja, um encontro de amigos ou da família fica mais interessante quando realizado em um ambiente acolhedor. Portanto, se ter um lugar propício para servir seus convidados sempre foi um grande desejo, está mais que na hora de realizá-lo.

O home bar pode ser utilizado durante festas de aniversário, jantares e outras situações especiais. Inclusive, é o local perfeito para preparar aquele drinque após um dia cheio no trabalho ou para brindar a chegada do final de semana.

Mais que pensar em receber bem, é importante adequar os detalhes do projeto ao gosto dos moradores. Assim como faria em outros ambientes, procure combinar cores, materiais e outros recursos de modo a deixar tudo harmônico.

Como montar um home bar?

O projeto de bar caseiro pode partir de diferentes necessidades. Ainda assim, é crucial observar o espaço disponível para criar expectativas realistas, acertar nas escolhas e se contentar com o resultado.

Confira alguns passos que podem facilitar esse processo.

1. Defina o tipo de projeto

O local das bebidas pode funcionar como se estivesse incorporado à decoração ou ser montado do zero. Novamente, essa definição dependerá da metragem do ambiente e do visual que se pretende obter com a solução.

Há, basicamente, três alternativas para construir um bar em casa. Veja quais são e descubra aquela que tem mais a ver com o que você procura:

  • acoplado às paredes — consiste em instalar peças nas paredes para que atuem como suporte para garrafas, copos e outros utensílios. Nichos, prateleiras, grades de ferro, suportes metálicos e painéis perfurados são bons exemplos;
  • integrado aos móveis — a proposta envolve transformar alguns itens do mobiliário em superfícies de apoio para bebidas e louças. Vale usar aparadores, carrinhos de chá, buffets e mesas altas que possam ser decorados com toalhas e bandejas;
  • sob medida — esse tipo de bar é construído a partir de um projeto personalizado. Assim, costuma envolver móveis planejados e eletrodomésticos estrategicamente posicionados.

Com base nessas características, é possível destacar que:

  • a primeira opção é perfeita para quem precisa economizar espaço, já que tira proveito de divisórias e outras superfícies verticais;
  • a segunda tem o diferencial da mobilidade, afinal, basta trocar os móveis de lugar para levar o bar e todos os seus componentes junto;
  • a terceira é autêntica e cheia de personalidade, porque se baseia em um projeto desenvolvido especialmente para a sua casa.

2. Escolha o melhor local

Após definir o tipo de projeto, você deve pensar na área em que seu home bar ficará posicionado. Independentemente de ele ser de parede, acoplado a um móvel ou feito sob medida, precisa ficar distante de janelas, portas e outras aberturas.

Esse cuidado é essencial, visto que o excesso de luz natural pode degradar alguns tipos de bebidas. Se isso não for possível, a dica é incluir algum elemento que atue como barreira contra o sol — pode ser uma cortina espessa ou um biombo, por exemplo.

Ainda com relação à escolha do local, é importante priorizar pontos que costumam concentrar as pessoas durante os encontros na casa. Áreas sociais ou com grande circulação, como o espaço entre a sala e a cozinha, são boas apostas.

3. Pense na iluminação

Luzes decorativas sempre vêm à mente quando pensamos em estabelecimentos noturnos. Então, por que não se inspirar nesses espaços e planejar cada recurso que será usado para iluminar o seu bar caseiro?

Antes de buscar ideias e soluções, procure investir em lâmpadas mais eficientes, como as versões de LED. Elas têm longa durabilidade e consomem menos energia, proporcionando redução na conta mensal e contribuindo para um projeto mais sustentável.

Para facilitar a escolha das luminárias, tenha em mente que a iluminação pode ter diversas funções em um home bar. Confira alguns exemplos de efeitos e como obtê-los:

  • valorizar detalhes do mobiliário — fitas ou mangueiras de LED podem ser posicionadas em fundos de prateleiras ou ao redor de nichos para evidenciar o acabamento dessas peças;
  • destacar garrafas — experimente usar spots embutidos em estantes ou arandelas de parede. O importante é que os feixes sejam direcionados para os rótulos das bebidas;
  • transmitir sensações específicas — brinque com as cores das luzes para obter o visual desejado. Tons amarelados criam uma atmosfera mais intimista, ao passo que tons azuis ou verdes remetem a um ambiente festivo.

4. Decore com estilo

Chegou a parte mais divertida de um projeto de bar caseiro. Com a decoração, você pode tanto integrá-lo ao estilo da residência quanto deixá-lo em destaque. Essa escolha dependerá da vontade dos moradores em obter um ambiente mais discreto ou ousado.

No primeiro caso, a dica é trabalhar com elementos que sigam a mesma linguagem presente na residência. Para criar contraste, por outro lado, o ideal é usar recursos que tenham um estilo diferente do tema que predomina no ambiente.

Finalize adicionando acessórios e objetos que transmitam personalidade ao seu bar. Espelhos, troféus, esculturas e placas com frases são ótimas opções. Também vale usar utensílios (coqueteleiras, medidores, saca-rolhas, copos enfeitados) como se fossem parte da composição.

Essas foram nossas dicas para elaborar o projeto de home bar dos seus sonhos. Uma boa forma de coletar ideias é pesquisar imagens de ambientes já montados. Elas podem ser encontradas em sites que divulgam tendências para o design de interiores, como o Pinterest.

Por falar em site, que tal acompanhar o nosso trabalho por meio das redes sociais? Siga agora nossos perfis no InstagramFacebookYouTube e LinkedIn.